Como ser respeitado - Parte 1: PAIS

Para ser respeitado pelos seus pais, em primeiro lugar você precisa se colocar no lugar deles uma vez para entender porque eles são tão restritivos. Para isso, pense no seu bem mais precioso. Algo que você lutou muito para conseguir, criar ou cultivar. Algo que gastou muito tempo ou até dinheiro para manter. Pode ser um animal de estimação, algum objeto de valor, uma amizade, conhecimento, preparo físico, alguma habilidade ou mesmo um carro.

Agora imagine a possibilidade de, de um dia para a noite, acabar acontecendo algo com isso que você tanto gosta e tanto teve trabalho para manter e tudo acabar indo por água abaixo. É assim que os nossos pais se sentem. Sua mãe teve enjôos, cólicas, dores imensas durante a gravidez e pariu você com inúmeras dores - "apenas" passou por uma cirurgia muito arriscada para salvar sua vida - perdeu noites de sono, teu pai se matando de trabalhar, deixando de comer pra te alimentar... te vacinar e garantir teus estudos, enfim. A possibilidade deles perderem tudo isso os deixa com medo, por isso acabam sendo superprotetores e chatos pra cacete. 

Portanto, nem sempre o fato de seus pais lhe negarem algo achando que você é imaturo significa que eles lhe achem um retardado. Você vê seus amigos tendo vida de adultos e só você deve cumprir horários? Você vê seus amigos trabalhando, saindo sozinhos e só você se matando pra conseguir permissão? Essas negativas irritantes deles na verdade são um excesso de proteção, e não que te achem um inútil ou um debilóide. Se eles cagassem e andassem pra você simplesmente te deixariam no berço quando você era uma criança e iriam para o forró ralar coxa até você morrer de fome ou num "acidente" qualquer. Te abortariam e acabariam com as dores e correria da gravidez. Mas bons pais não fazem isso. Não te jogam no mundo como se você um saco de merda. É claro que, como nenhum sentimento é perfeito, a superproteção acaba sendo exagerada.

É por isso que ser um revoltadinho imbecil não adianta nada. Só vai dar mais razão para que seus pais continuem as negativas, pois mostra que você não entende nada sobre a vida e não possui maturidade suficiente para compreender que eles te restringem porque lhe amam, e não porque lhe odeiam.

A melhor forma de conseguir respeito dos pais e deixar de ser visto como um mandrião é justamente o contrário do que estas merdas de Malhação e Rebelde ensinam: sendo mais responsável e entendendo o lado deles também, ao passo que briga com força pelo seu espaço. Por mais que eles sejam irritantes e injustos, não tente bater de frente com eles feito um bebê chorão. Vou lhe mostrar 5 atitudes de mudar sua imagem de cagalhão. 

Atitudes que farão você ser respeitado pelos pais


1. Ter vida e opiniões próprias
Ser um fantoche de amigos e colegas só queimará teu filme com os seus pais. Esqueça as modinhas imbecis. Esqueça loucuras de aborrecente. Quando quiser fazer algo, tenha certeza que VOCÊ quer aquilo, e não apenas quer porque teu amiguinho inútil te incentivou. Ser manipulado por amigos é sinal de imaturidade e isso só aumentará ainda mais a implicância deles, pois tentarão lhe proteger do boicote dos seus amigos já que você é imaturo demais para fazer isso sozinho.


2. Ter paciência
Seu pinto não vai cair se você deixar de sair com teus amigos naquele dia ou se tiver que ficar em casa pra estudar ao invés de ir ver o Luan Santana cuspir no microfone. Reputação? Mande a reputação à merda, nenhum dos seus amigos e colegas vai te ajudar se você estiver na pior, mas seus pais irão. Não caia na pilha dos amigos que dizem que você nunca vai ter outra chance de fazer aquilo se não desobedecer seus pais. A verdade é que suas chances irão aumentar MUITO se você conseguir respeito deles, enquanto diminuirão drasticamente se resolver bancar o rebelde. Você é novo, seu pinto não vai cair por inatividade e ainda tem muito pela frente. Se você for paciente, teus pais sentirão mais confiança e lhe respeitarão por ver que você não é um rebeldinho mimado que chora para ter tudo imediatamente, e suas oportunidades de diversão aumentarão drasticamente. Lembre-se: choro e esperneio para conseguir o que quer são atitudes de criança. Pessoas maduras e dignas de respeito são mais pacientes e estratégicas.


3. Ser um bom administrador
Combine com seus pais métodos de ganhar alguma grana prestando algum serviço como pintar a casa, cuidar do carro (lavagem e manutenção), cuidar dos animais da casa (tirando você) etc. Guarde parte do dinheiro que ganhar e administre com cuidado. É sempre bom ter 10 reais na carteira para emprestar caso teus pais precisem, isso aumentará muito teus créditos com eles.


4. Não esperar ordens para fazer suas tarefas
Depois que seus pais mandaram você fazer alguma tarefa, ela virou obrigação e fazê-la será apenas seu dever. Mas se você antecipar a ordem deles e realizar a tarefa antes que lhe peçam, mostrará um sinal de independência e maturidade, o que significa créditos pra você.


5. Ser firme e defender seus interesses
Conseguir o respeito dos pais não significa ser um bunda mole que aceita broncas sem dialogar ou defender sua opinião. Aceitar tudo de cabeça baixa como se fosse uma criança paspalha é contraproducente. Caso discorde de algo, chame seus pais pra sentar e conversar sobre o assunto com uma postura firme e viril. Não fique se cagando ou bancando a "patyzinha revoltada". Aprenda a debater e expor sua opinião, mas não se altere muito. Se eles fizerem questão da palavra final, você ao menos terá mostrado que possui senso crítico e que pode discordar deles com fatos e argumentos, não apenas com atitudes de criança.

Seguindo esses 5 passos você conseguirá mais respeito dos seus pais.

Na lição 2, falarei sobre como conseguir respeito de seus irmãos. Até amanhã, paspalhos.

Comentários

  1. Eu queria ter ouvido isso quando era adolescente

    ResponderExcluir
  2. gostei muito bom o texto

    ResponderExcluir
  3. Fantástico, fantástico. Sem mais, simplesmente sem palavras. Obrigado e grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. "cuidar dos animais da casa (tirando você)"
    kkkkkkkkkkkkkkkk

    Mais um post muito foda!
    Às vezes sou meio sovino, pq faço minha reserva pra necessidades inesperadas (como algum gasto com carro, alguma viagem etc), por isso me privo de algumas coisas, de umas saidas e tal, mas minha mãe tá começando a me entender.

    Parabéns pelo post, Doutrina.
    Que venham os outros 3 posts!
    Abss

    ResponderExcluir
  5. "1. Ter vida e opiniões próprias"
    Meu irmão tem 26 anos e não tem nenhum vestígio de opinião própria, é a pessoa mais influenciada pelos amigos e primos (se eles pedirem, ele é capaz de carregar eles nas costas por qualquer distância possível), e pra piorar, vive bancando o "nervosinho" quando meus pais o repreendem. Isso junto com o fato de que é um vagabundo preguiçoso, só piora a situação dele não só entre os amigos, mas principalmente diante da família (que é mais julgadora que os fariseus dos tempos de Cristo). Excelente série, estou me identificando muito e vendo o porquê de ser respeitado e ter a confiança de meus pais: já cumpria todos os requisitos aí descritos!
    Felicidades e muita força Dtr. E continue fazendo a sua parte em meio a esse mar de ignorância e "jumentisse" juvenil.

    ResponderExcluir
  6. Otimo texto, queria ter lido a 2 anos atrás, mas vai servir por agora também.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres rodadas: DIGA NÃO

Mangina - O que é? - Parte 1

Como lidar com um término de relacionamento