Como o feminismo destruiu o casamento


Mais um ano termina. Mais um ano com crescimento no número de divórcios. Mais um ano com mulheres ridicularizando o papel traidicional da mulher como mantenedora do lar e fiel esposa. Sim, o feminismo contaminou o casamento. O post de hoje responde uma pergunta básica e um dos principais argumentos feministas quando falamos em casamento ou marriage strike: se mulheres modernas não valorizam o casamento, porque tantas ainda sonham com o dia do casamento? A resposta é:

A maioria das mulheres quer o casamento, mas não o matrimônio!

Leia a frase acima novamente, eu espero.

As mulheres jamais irão admitir isso, mas é verdade. Quando elas dizem que sempre sonham em se casar desde crianças, quer dizer que elas sonham com O DIA DO CASAMENTO, e não com o matrimônio. Nenhuma mulher moderna sonha com o dia a dia de uma esposa sendo mantenedora do lar ou dentro de um relacionamento estável com obrigações. Elas querem os benefícios que o casamento eventualmente traga, sem a responsabilidade de serem esposas.

Querem provas?

Parem para analisar as novelas, filmes e romances. Eles sempre terminam com a cena do casamento, certo? Sim, para a mulher moderna, o dia do casamento é o THE END. É o fim do sonho, e não o início! Se o casamento é assim tão valorizado hoje, por que nos filmes e romances nunca mostram a realidade sobre o matrimônio e seu dia a dia repleto de deveres e obrigações?

A visão que a mulher moderna tem do casamento hoje é APENAS essa: um dia onde o noivo ou papai banca uma mega-festa, vestido de noiva cheio de glamour e ela sendo o centro das atenções comunicando ao mundo que conseguiu domar um homem.

O DIA DO CASAMENTO para elas é uma experiência maravilhosa, porém o matrimônio em si significa muito trabalho e deveres, e é algo que elas até EVITAM pensar. A mulher moderna sonha em ser noiva, e não esposa. Como qualquer feminista, sonha em ter direitos, mas não deveres.

A DURA REALIDADE

É óbvio que alguns homens também pedem divórcio e também não cumprem seus votos. Porém, 70% dos casos de divórcio hoje quem pede é a mulher. Em dados de 2008, o divórcio no Brasil cresceu 200% em 23 anos, ou um divórcio a cada quatro casamentos.

 Droga. Quer dizer que há casamento além do dia do casamento? Me devolvam a maçã.

Por que o casamento hoje frequentemente não dá certo? Por que as mulheres são as que mais pedem divórcio (70%)? Simples. Porque as mulheres olham para o casamento como uma simples cerimônia para consagrar uma fantasia de infância, sem pensar no dia após dia ou em cumprir os votos que fazem. Não idealizam a vida fiel a dois, com cooperação mútua e fidelidade. Não se preparam para o matrimônio, apenas para o dia do casamento.

E é aí que muitas mulheres resolvem botar a mão na cabeça e só então realmente pensar no que fizeram.

Caem na real que talvez o marido que ela escolheu nas fantasias dela na verdade se mostre um canalha agressor. Não encaram o matrimônio com seriedade, se casam com qualquer um, se recusam a avaliar o homem com base na lógica e não na emoção, se recusam a levar em consideração um comportamento agressivo do homem, depois reclamam que os "todos os homens são agressores", como se todos tivessem culpa dela ter se casado com um barril de pólvora sem honra.

Caem na real de que o castelo da Disney e a vida como uma eterna princesa simplesmente não existe. Caem na real que a vida de badalação e noitadas ao estilo Paris Hilton com as amigas devem terminar em prol de um bem maior, que é a estruturação familiar. Aí sentem o peso, reclamam da falta de emoções, da falta de badalação, da estabilidade monótona... e o resultado? 70% dos divórcios sendo pedidos por elas.

SINAIS DE QUE UMA MULHER VALORIZA O DIA DO CASAMENTO E NÃO O MATRIMÔNIO

- Não gostar de cozinhar
- Querer as regalias da vida de solteira durante o namoro
- Só falar em carreira e dinheiro, e pouco falar em constituir família
- Não se importar em gastar rios de dinheiro (dos outros, claro) com uma festa, não admitindo corte de custos ou adaptação à realidade financeira do casal
- Viver competindo com o parceiro dentro da relação e ser contra papéis definidos (homem buscando o sustento, mulher sendo mantenedora do lar)
- Só falar em contratar empregadas domésticas para tudo, e que se tiverem filhos, deixariam em creches ou aos cuidados de avós
- Ser a favor do aborto
- Não possuir tato com crianças e achar um absurdo amamentar ou cumprir afastamento por maternidade
- Não se contentar com um emprego maleável que dê tempo a ela para cuidar da família, pois ele "não dá perspectiva de crescimento profissional"
- Querer competir com o marido por uma carreira promissora e se possível, superá-lo para mostrar quem manda
- Achar ultrajante fazer um dever doméstico ou favor ao marido que comunique submissão. Pegar uma cerveja pro marido é uma ofensa. (Vadia? Ah bom, pensei que tivesse me chamado de Amélia.)
- Se referir ao casamento como "casamento moderno", "casamento do século 21", "casamento feminista" para defender a distorção de princípios tradicionais
- Falar apenas dos direitos dela no casamento, como a uma festa cinematográfica, e dizer que os deveres são "coisa de Amélia"

CONCLUSÃO

A mulher moderna não quer o matrimônio. Quer apenas o dia do casamento. Quer um matrimônio "feminista", onde ela tem apenas direitos, e não deveres. Querem os benesses do casamento e de ter um marido provedor, sem os deveres de ter que cuidar do lar.

Você namora? Pensa em casar? Cuidado paspalhão! Marriage Strike em vadias que querem ser eternas noivas e não esposas! Marriage Strike em mulheres que querem viver no looping do dia do casamento onde são adoradas e tratadas como princesas eternamente!

PS.: Sou a favor da família tradicional. Mas não do casamento moderno, onde a esmagadora maioria das mulheres pensam apenas no dia do casamento, e não no matrimônio. Nesses casos, sou a favor de uma greve de casamento, ou Marriage Strike, movimento que homens decentes nos EUA estão aderindo devido a falta de mulheres sérias que pensem no que realmente está envolvido no matrimônio.

Comentários

  1. Sabe porque ela não quer saber das obrigações da esposa?

    1 - Apenas os homens se ferram com o divórcio. Some divisão de bens, pensão alimentícia, perda da guarda dos filhos e desmoralização pública, e você terá homens cometendo SUICÍDIO por causa das modernetes;

    2 - Elas não são criadas para se preparar para deveres, como ocorria com as mulheres honradas de antigamente. Elas sempre querem os bônus, não querem o ônus de uma mulher honrada que apoia seu marido;

    Casar hoje beira ao suicídio.

    ResponderExcluir
  2. Feministas não foram feitas para o casamento, pq elas acreditam que casamento e maternidade são "prisões para as mulheres". Tenho pena do sujeito que se casa com uma feminista.

    ResponderExcluir
  3. A mulher moderna não tem medida nem noção do que fala. Idealiza demais, sonha alto, querem um super-homem que seja mil coisas ao mesmo tempo e também uma rocha que ature todas as chantagens,TPM's e variações de humor de sua auto-intitulada deusa.

    O dia do casamento é outra idealização ingênua. Tudo nele gira em torno dos interesses da mulher moderna, sendo o homem apenas mais uma peça que compõe o espetáculo. Claro, ela não mede as consequências, o custo, e nem cogitam se o seu homem tem algum desejo ou ponderação pessoal. È a ditadura do querer, ou faz o que ela quer ou ela te bombardeia com as expressões da moda(machista, moralista, retrógado).

    Sendo realista, o matrimônio está praticamente extinto. O que temos hoje é um contrato, que chamam ainda de casamento, onde a mulher moderna dita todas as regras e submete o homem as mais absurdas e insanas exigências. Como divorciar se tornou mais fácil, elas o fazem caso o "casamento" não dê certo e recomeçam seu ciclo de estupidez. Na cabeça da mulher moderna, a vida dela é uma eterna balada.

    ResponderExcluir
  4. Nossa!! falou tudo Doutrina!!

    Me chamou atenção a parte de "A favor do aborto"

    Que mulher que é dona de casa, esposa leal, tem amor a família, se é a favor do aborto?? Impossível fujam dessa!!!

    Acho a coisa mais estúpida quando a mulher quer competir com o homem. Que espécie de casamento é esse??

    Muitas mulheres se casam só pelo status, só pra ter uma festa grandiosa e por inveja nas amigas, não pensam no depois. E o que deveria ser um paraíso, uma relação saudável vira um inferno pro homem.

    Meu primo é um grande exemplo, ele casou com uma mulher exigente, não faz nada, fez uma festa enorme, já tinha uma filha, não faz absolutamente nada em casa e a vida dele é um inferno. Minha família esta triste por ele e não sabemos mais o que fazer.

    Mas mesmo assim, é o que eu disse no blog do Sílvio, não desistam da família!

    ResponderExcluir
  5. É nem tem muito o que dizer mesmo, matrimônio está extinto. A mulher modernete não pensa nisso mais, não pensa em deveres, apenas quer direitos, benefícios e superioridade sobre o homem. E os que são mais tradicionais e honrados, quando falam o que pensam a respeito e jogam a real nelas, elas dão piti e chamam de machista, atrasado e etc.
    O feminismo é uma pandemia mesmo, destruiu algo que durou tanto tempo, o casamento. Está destruindo o patriarcado. Um modelo que seria correto e justo com todos, mas elas não aceitam isso e querem que tudo seja do jeito que elas querem e ponto final.
    Destruiu os namoros, inverteu valores.
    Feminismo é isso mesmo, destruição da sociedade.

    ResponderExcluir
  6. Elas querem um cara para tirá-las da casa do papai, para tirá-las daquela vida monótona.
    Por isso quando chegam aos 20 e poucos elas saem desesperadas a procuras dos caras com estabilidade financeira. Mas, como você falou, elas não pensam na vida pós casamento. Logo depois que casam a vida se torna monótona novamente, e dessa vez o grande vilão da monotonia vira o marido.
    E as leis são todas a fovor delas. Um homem pra casar precisa testar muito a mulher. Mas devido ao mito do amor romântico ele casa e se ferra.

    ResponderExcluir
  7. "A maioria das mulheres quer o casamento, mas não o matrimônio!

    A essência do texto é essa. Pura verdade.
    Doutrina colocou oq poderia ser um discurso numa única frase, excelente postagem!

    ResponderExcluir
  8. é vero!
    O pior é que são tão cegas que mal enxergam que são culpadas pela monotonia, pelas brigas, pela vida vazia que levam. Isso se deve ao fato de nossa educação, onde aprendemos a nunca repreendê-las, mesmo se estiverem erradas. na infância eu metia a real nas meninas sem problemas quando vinham tirar vantagem nas brincadeiras por serem femeas, até que me disseram que era feio, errado e toda essa mentirada que nos implantam. Com essas regalias, veja como são: não aceitam críticas, não sabem discutir, não tem o menor senso de respeito, são extremamente utilitaristas, e jogam sua culpa nos outros, desde a família (pais principalmente, irmãos são invisiveis para muitas) até o parceiro. são crinaças mimadas. Ai entra a solução: meter a real sem KY, sem dó. Se estiver errada, lhe aponte os erros, só lhe trate bem se merecer, etc. Se continuar no erro, tchau. Ai entra outro fator importante pro homem, a auto-valorização. Nada de atender as maluquices dessas aí.
    Quanto ao aborto, muitas são a favor pelo simples fato de um filho significar fronteiras em sua libertinagem. Mas o engraçado é que quando essa criança é o seu porto-seguro, elas mudam de idéia rapidinho. Imagine o filho de uma dessas. A família já era. Hoje familia é o mesmo que fã-clube de bandas emo. Medonho!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Melhor post do ano de 2010.

    Parabéns.

    ---

    Engraçado que defendemos a família e o casamento da maneira correta, como tem que ser. Porém, somos xingados e 'zuados', como se fossêmos uns filhos da puta opressores.

    Isso é muito engraçado.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom texto. Mostra a realidade de hoje onde mulheres só pensam em viver na folga como se elas fossem eternas crianças, são arrogantes e acham que elas tem que ser as únicas a levar vantagem em tudo. Querem ter paparicos pq são mulheres mas não querem cumprir o papel de mulher num casamento. Para ajudar, os próprios pais as criam para ter carreira e não para ter família, e o estado tem cada vez mais leis apoiando somente elas. Tá mesmo difícil para um homem pensar em casamento se ele prestar atenção nisso tudo.

    ResponderExcluir
  12. Falooooooou tudo Doutrina, esse dias eu estava lendo um blog sobre casamento, ai pensei, olha que coisa legal, mas só falava da festa.
    Depois achei um blog não lembro bem o nome mas era algo como vida de casada, a mulher dava dicas de como cosinhar, qual era a melhor forma de lavar roupa, essas coisas, entrou um monte de mulher para zuar o blog da coitada como se fosse um crime ela gostar de "coisas de casa". tá tudo distorcido meeeesmo.

    ResponderExcluir
  13. É só vc ver a industria que existe em torno do casamento(festa claro), preparação pra tudo, dia da noiva e um monte de baboseiras afim. Deveria na minha opinião haver uma preparação de como vai ser a vida após a festa com deveres e direitos pros dois com seus papéis definidos. Triste, muito triste o que aconteceu com a família.
    Parabéns Doutrinador, excelente tópico, mais uma vez profundo e esclarecedor!

    ResponderExcluir
  14. Bom, eu não sou feminista e odeio tais personas... Mas tenho q discordar em um ponto, tabalho no judiciário e quer saber uma verdade? A maioria dos divórcios se dão por conta dos maridos que ainda querem levar a vida de solteiro. Mas tbm concordo em mtos pontos, essa mulherada com esse negócio de querer ser igual tá deixando mto homem sem vontade de ser homem. Eu trabalho fora, minha mãe sempre trabalhou mas em casa o lema era, qdo o pai colocava os pés pra dentro o jantar tinha q estar pronto, a casa arrumada e fim de semana era o prato q o mantenedor da casa queria comer. Coisas q pra algumas mulheres é um absurdo, mas eu levo isso comigo e sei q dá pra trabalhar pra ajudar em casa sem deixar as obrigações de esposa..Tdas só sabem falar da dupla jornada q é dificil rs...Não querem ser iguais, q se ferrem então rs...Não deixo de trabalhar pq qro conforto sim, viajar, poder ter minhas coias...poder manter a casa se algo acontece com meu marido. Vc é foda e tá certo em mta coisa...exagera em outras rs...mas é foda....

    ResponderExcluir
  15. "Mas tenho q discordar em um ponto, tabalho no judiciário e quer saber uma verdade? A maioria dos divórcios se dão por conta dos maridos que ainda querem levar a vida de solteiro."

    Provavelmente você só leu a petição inicial. Se 70% dos divórcios são iniciados por elas, o que elas (ou os advogados) vão alegar?

    É necessário conhecer melhor a história do casal para saber o que realmente aconteceu e ouvir a versão do homem. No entanto, podemos afirmar que o homem já é condenado pelo judiciário e sociedade feminazis antes mesmo do protocolo da ação. E de certo modo, a versão do homem nunca é ouvida porque ele não pode reclamar, por exemplo, que ele não recebia o sexo e carinho de que precisava.

    A agressão feminina tende a ser muitas vezes passiva como, por exemplo, exigências insanas, birras, controle e manipulação através do joguinhos emocionais, greves de sexo e carinho (ou somente na hora e do jeito que ela quiser), etc. Muitos homens sucumbem e vão afogar as mágoas com alguma amante ou puta. Junte um bocado de histerismo por parte dela e aí temos os ingredientes para um divórcio litigioso onde ela é a pobre vítima e ele o bandido da história.

    Aliás, alguém poderia me explicar por que a mulher tem sempre essa tendência histérica de se achar uma vítima pobre e indefesa e com direito a todos os bens do casal? Ao que me parece, é uma forma de vingança também. Quando o relacionamento acaba, a mulher quer infligir o maior dano e dor possíveis no homem (prova de que nunca o amou). Mesmo depois de divorciados algumas chegam a perseguir e infernizar a vida do homem. Conheci um caso em que o cara teve que mudar de cidade.

    No entanto, se o cara já era mulherengo antes de se casar, aí sim existe uma probabilidade maior de que ele tenha mais culpa no cartório.

    ResponderExcluir
  16. Não concordo, acho q hoje em dia o homem é mto mais ouvido numa ação judicial q antes, uma vez q mtos juizes falam pras mulheres (já ouvi mto) "Vc não trabalha? então pra quer pensão?"....Mas a parte do sexo é verdade. Mulher é hipócrita, se faz de santa sem pensar q sexo é sim mto importante e se não fizer em casa o cara busca lá fora sim..fato! Já escrevi sobre isso no meu blog, aliás, as amigas querem me matar pq falo mal de mulher q se faz de coitada e ainda pensa q cola...Fato 2, o homem quer sim a puta na cama e a dama da porta pra fora. Tem amigo meu se separando pq a mulher quer fazer sexo de 10 em 10 dias e ainda dorme na hora rsrs... Qto a vingança, pode até ser verdade, mas o q vc me diz sobre o número assustador de homens q matam as mulheres por ciúmes, posse ou qqr q seja o sentimento? Não dá pra generalizar, tem homem mala tbm e como tem, assim como exixtem as doidas varridas sem noção. A maioria das ações de pensão alimenticia na minha opinião é por conta de picuinha contra o cara, dá pra lindona ir trabalhar e cuidar do filho, tá é obrigação do cara sim, mas tdo se torna uma baixaria tão grande e o valor as vezes é tão irrisório q pra mim nem valeria a pena. E outra, pra q foi fazer filho meu Deus com um qualquer? Aguenta a bucha rs......

    ResponderExcluir
  17. "Fato 2, o homem quer sim a puta na cama e a dama da porta pra fora."

    Você colocou como fato 2, mas é provavelmente o mais importante. No mais, é importante que a mulher saiba ser uma dona de casa, administrar o lar, ser uma esposa. Acho que tem muita guria por aí que já perdeu completamente a noção.

    Eu também penso que a mulher é o núcleo emocional da família, em torno da qual gravitam os filhos e o marido. E foi justamente isso que o feminismo destruiu.

    De qualquer forma, parabéns pela iniciativa. É de mais mulheres assim que precisamos.

    ResponderExcluir
  18. kero ver uma mulher pró aborto ficar gravida de um kra como mick jagger e kerer abortar !!! mulheres abortão geralmente filhos de kras pobres pq como elas na grande maioria das vezes ( salvo uma minoria ke esta cada vez + dificil de achar ) procurão sempre sair ganhando e não conseguem achar vantagem em ter um filho de um pobre logo então kerem legalizar isso sempre pensando em uma probabilidade tragica de acabar engravidando de algum cretino, cafageste, delinquente ou marginal qualquer e perder a liberdade de continuar sua libertinagem inconsequente

    ResponderExcluir
  19. cara você é um gênio, de notável valor, e devia ser mais conhecido (ideologia), conte comigo para rasgar esse sistema corrupto e feminista. Acessa ai e vê uma reportagem que eu fiz, vai gostar: http://nihilb.blogspot.com/2010/12/sao-todas-putas-nao-da-pra-tentar.html

    ResponderExcluir
  20. EH Doutrina

    Esqueceu de mencionar que além da mulher moderna querer que o marido fique de amélia, esqueceu de dizer que elas acham que vão passar a vida inteira comendo fast-food e quentinha .... PQP ! Cada vez que escuto uma conhecida falando, com orgulho, que nem miojo sabe cozinhar eu desço a real ...huahuahuahua.

    ResponderExcluir
  21. "Continuar sua libertinagem inconsequente"
    Qta hipocrisia heim...Vc já viu se os processos por pensão alimenticia são contra as mulheres incosequentes q deixam os filhos com os pais?? Não neh....Tá certo q tem umas por aí q são bem burrinhas e arrumam filho pra ter vantagem, mas tá mais q provado q não tem quase nenhuma. Mulher não engravida homem e deixa o panaca lá kkk....Nesse ponto quem se ferra de verde e amarelo somos nós sim....Ai vc vai me falar q sou feminista. NÃO só qro fazer o q bem entender da minha vida assim como vc!!!

    ResponderExcluir
  22. Resumindo: Casamento com uma mulher moderna e feminista = Suicído. No marriege!

    O feminismo nada mais é que o lado obscuro das mulheres aflorado de uma forma tão sutil que nem nos damos conta de que o feminismo de fato é lado obscuro delas manifesto: Insubmissão ao homem, destruição do casamento tradicional, fim patriarcado, endeusamento da mulher, incentivo a promiscuidade feminina, aprovação do aborto.

    Uma vadia dessa que deixa seu ego e seu lado profano falar mais alto merece ser tratada apenas como um depósito de esperma e morrer só.

    ResponderExcluir
  23. não podemos ser muito compreensivos, devemos usar suas armas, guerra:
    .
    feministas são putas desgraçadas e merecem uma pena bem legal: amputação dos seios. sim, pois acreditam ser o equivalente a castração, e devemos dar ouvidos a isso.
    .
    devemos tomar cuidado com uma coisa: não devemos valorizar o que elas gostam, como casamento, que se fodam com o casamento. qual a diferença entre uma puta nova e uma puta velha. basta ter dinheiro e trocar de mulher quando ela envelhecer. fodam-se essas putas.
    .
    naldo falou tudo. depósito de esperma, e morram só

    ResponderExcluir
  24. que elas façam sexo com a Dilma! chupem a boceta dessa velha gorda e se entupam de feminismo. não podemos deixar sem troco. ja aconteceu.
    .
    não podemos ser muito compreensivos, devemos usar suas armas, guerra:
    .
    feministas são putas desgraçadas e merecem uma pena bem legal: amputação dos seios. sim, pois acreditam ser o equivalente a castração, e devemos dar ouvidos a isso.
    .
    devemos tomar cuidado com uma coisa: não devemos valorizar o que elas gostam, como casamento, que se fodam com o casamento. qual a diferença entre uma puta nova e uma puta velha. basta ter dinheiro e trocar de mulher quando ela envelhecer. fodam-se essas putas.
    .
    naldo falou tudo. depósito de esperma, e morram só
    .

    ResponderExcluir
  25. Veja lá, concordei, mas ressalto que homem e mulher devem aprender muito ainda. Elas não são, assim, maquiavélicas, afinal nós homens também temos o quê de estrategistas no campo das inter-relações. Se em um relacionamento um casal se despojasse dessas convencionalismos da vida moderna, quem sabe evitaria essa cobrança dos egos, e por conseguinte os conflitos

    ResponderExcluir
  26. Olha, como mulher, é terrível,mas devo admitir que vc está coberto de razão.

    A mulher se perdeu nessa tal "modernidade", e busca amor, carinho ,atenção ,mas muitas vezes age de forma egoísta, não querendo vivenciar a experiência de ser mãe, dividir o tempo entre maternidade e carreira, por exemplo.
    Mas homens, também não posso ser injusta , e vocês ?
    Quantos homens que conheço na faixa dos 25-35 anos que TAMBÉM não querem abrir mão da vida de noitadas regadas a sexo casual .

    O que é triste , é ver tantos homens casados com algumas das "boas mulheres" ( que querem REALMENTE ter um matrimônio ) ,indo procurar aventuras sexuais extra-conjugais, pois geralmente esse tipo de mulher se acomoda, ou se entrega TANTO as atividades da casa , ou dos filhos , que o SEXO fica em segundo plano.
    Acabam por não satisfazer seus homens , estes por sua vez irão buscar fora alguma aventura.

    Não quero generalizar,mas homens , vcs devem também admitir que vocês querem uma mulher perfeita ,mas e vocês ?? Como fica ? Estou errada ??

    ResponderExcluir
  27. ilogicafeminina
    .
    Concordo, mas eles vão falar q agem assim por culpa das mulheres kkkk...
    Nunca vão admitir q ainda existem mulheres q dão sim valor ao matrimônio, pq assim como mtas mulheres acham q tdo hommem não presta, eles pensam q tda mulher é interesseira, falsa...e bla bla bla.....

    ResponderExcluir
  28. Meu deus, façam como eu homens, não casem se divirtam, gaste seu dinheiro consigo mesmo. afinal que lucro o homem ganha casando, além de um monte de filhos e uma mulher enchendo o saco dentro de casa. todo final de semana saio tomo a minha cerveja e saio com mulheres diferentes, não tem coisa melhor levar uma mulher diferente pra cama toda semana. nós homens temos uma capacidade que a mulher não tem, a de não se envolver profundamente numa relação, meu deus minha vida é bela kkkkkkkk....

    ResponderExcluir
  29. Assim como os homens vão alegar que o fim da estabilidade familiar se deve ao feminismo, as mulheres alegam que isso se deve ao número notável de homens machistas.
    De fato, é bastante contraditório esse post se for comparado a pesquisas de credibilidade, principalmente de departamentos de universidades de todo o país que se refere à familia e sociedade. O autor provavelmente criou um discurso baseado na sua opinião e até experiência de vida, e no máximo de alguns e outros conhecidos. O grande lance é, os machistas que se julgam defensores da familia queriam simplesmente continuar vendo as mulheres sendo traídas, humilhadas, sempre numa situação de submissão. Tenho certeza, até pq já estudei isso, que 70 % das mulheres que pedem divórcio não o pedem simplesmente por serem mulheres imaturas que só querem um principe e um vestido branco como o autor cita.

    ResponderExcluir
  30. TENHO QUE CONCORDAR COM MUITAS COISAS DITAS NESSE TEXTO, FEMINISMO E CASAMENTO SÃO ANTAGONICOS , A BASE DO CASAMENTO É MESMO A SUBMISSÃO TOTAL DA MULHER, EU COMETI ESSE GRAVE ERRO , MAS ACHO TAMBEM QUE ERRAR É HUMANO, SÓ QUE AGORA, NÃO CONSIGO SAIR FORA DESSA SITUAÇÃO EM QUE ME COLOQUEI, TENHO SIDO AMEAÇADA DE MUITAS MANEIRAS, CASO PEÇA PRA SAIR DESSE CASAMENTO, MINHA VIDA TEM SIDO UM INFERNO, TENHO MEDO DE SEGUIR EM FRENTE E PAGAR ATÉ COM MINHA VIDA O ERRO QUE COMETI, COMO TENHO VISTO NA MIDIA , O QUE TEM ACONTECIDO COM TANTAS E TANTAS MULHERES, COMO MERCIA NAKACHIMA E TANTAS OUTRAS, É OBVIO QUE EU NÃO ESCOLHI BEM O HOMEM COM QUEM CASEI, MAS TAMBEM NÃO ACHO JUSTO PAGAR POR ISSO A MINHA VIDA INTEIRA.

    ResponderExcluir
  31. "... É OBVIO QUE EU NÃO ESCOLHI BEM O HOMEM COM QUEM CASEI, MAS TAMBEM NÃO ACHO JUSTO PAGAR POR ISSO A MINHA VIDA INTEIRA."

    Entendo que esteja numa situação difícil, sugiro procurar uma boa ajuda. Mas admitir que fez uma má escolha é o fim da picada! Provou o que muitos falam: mulheres casam porque acha isso bonito, conveniente e etc, e esquecem do óbvio que é saber com quem está casando!

    ResponderExcluir
  32. Esse texto aponta muitas insatisfações masculinas, mas ainda sim é extremamente machista.

    Acho que na atualidade vc tem que ver as 'obrigações' domésticas como um compartilhamento de tarefas. Ninguém quer ser Amélia hj em dia, nem a mulher, nem o homem.

    Por favor, uma pessoa tem que ser capaz de viver por si mesma, sem dependência. É mto válido experiências de morar só antes de casar.

    Num sistema de servir e ser servido, um lado sempre estará insatisfeito.

    Quando há respeito e compartilhamento de situações, tarefas, vc tem uma comunidade feliz, seja um casal, seja uma tribo, uma república...

    ResponderExcluir
  33. O AMOR É UMA DOENÇA, E O REMEDIO É O CASAMENTO ....

    ResponderExcluir
  34. Acho que na atualidade vc tem que ver as 'obrigações' domésticas como um compartilhamento de tarefas. Ninguém quer ser Amélia hj em dia, nem a mulher, nem o homem.

    <<< SE A MULHER NÃO SABE NEM COZINHAR E NEM PASSAR UMA ROUPA PRA QUE CASAR???>>>VAI FICAR ALIMENTANDO ELA EM CASA KKKKKK, CASAMENTO É COISA DE OTÁRIO, HOMEM QUE É HOMEM SÓ LEVA PRA CAMA.

    ResponderExcluir
  35. Recomendo:

    Mulher mete a real nas feminazis:

    http://femininaonline.blogspot.com/2011/02/guerra-dos-sexos-e-nossa-desvalorizacao.html

    ResponderExcluir
  36. E FACIL PRA QUEM TEM IMOVEL E JA ESTA ESTABILIZADO..CASE COM SEPARAÇÃO TOTAL DE BENS..SE DER ZICA...CADA UM PRO SEU LADO..ABS

    ResponderExcluir
  37. aos homens que estão insatisfeitos com as mulheres, a todos vcs que acham que na essencia todas nós mulheres somos, sem caracter , maldosas, que usamos nosso corpo para conseguir de tudo, que não temos valores e tudo o mais que vcs falam aqui e nesse outros blogs associados.
    Existem muitas mulheres ainda , exatamente do jeito que vcs tanto procuram, para acha-las , basta apenas fazer suas malas e se mudarem para os paises de maioria islamica, la se uma mulher nasce vadia como vcs chamam, não sobrevive por muito tempo, logo é apedrejada pela população local, incluindo até a sua propria familia, portanto o risco de se envolverem como uma mulher assim é qse zero, mas se mesmo assim , ficarem na duvida sobre o passado da mulher que escolherem, tenho outra sugestão, prefiram se casar com uma menina bem nova, de uns 6 ou 8 anos de idade, assim como fez o proprio profeta maomé, dara um pouco de trabalho cuidar da menina, mas pelo menos poderão educa-la para que seja sempre muito honesta, e sejam bondosos , deixem que ela leve suas bonecas pelo menos.
    Tambem terão a vantagem de terem uma esposa bem jovem, mas se ainda assim ficarem em duvidas sobre , se no futuro essa menininha vier a lhes trair, porque afinal de contas ela é uma mulher, e com mulher não se brinca , elas são a essencia do mal como vcs dizem, pois bem , peguem essa menininha e mandem rancar seu clitoris , para que elas jamais sintam prazer , e portanto nem tenham a ideia de trair seu marido, isso se chama circuncisão feminina muito praticada em paises islamicos e na Africa tambem.
    Bom espero que com essas dicas preciosas vcs homens que procuram uma mulher decente honesta fiquem satisfeitos em suas pretenções, se é que suas conciencias não os pertubem, mas acho que não vai perturba-los , pq na realidade vcs não devem ter conciencia alguma em falar as barbaridades que falam das mulheres aqui.

    ResponderExcluir
  38. Casamento??? hj em dia???

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  39. Eu li um livro que foi referência para o femininismo nos anos 80, chama-se "Mulheres". Não gostei. Só tinha amargura, culpava os homens por tudo, em vez de conversar, o melhor era acusar; o homem sempre era visto como um eterno inimigo; relação mulher-homem era visto como algo impossível; relatos com muito ódio, muita amargura, rancor, frustação.
    Não me deixei levar por um livro desses. Como comentei aqui, caso meu post for aprovado, não gosto de dizer "Homem não presta". Não gosto dessa frase. Não tive homens tão terríveis assim na minha curta vida. E quando os tive, eu deixei que me tratassem assim. Aham, isso mesmo que vocês estão lendo. O "mulher gosta de mulher bacana" se confirma no meu passado. Mas é como eu disse, eu tinha uma autoestima tão baixa, me desvalorizava tanto, que ficava com babacas. E é o mesmo que acontece com os homens. Hoje em dia estou mais confiante e pulso firme, não me deixo levar por um idiota que só quer saber do bem-estar dele e liga o "foda-se"
    Bom, ja fugi do assunto. O que quis dizer é que a mesma ladainha que li no livro de feminismo, ESTOU LENDO AQUI! O mesmo ódio e ataques gratuitos que li naquelas páginas, eu estou lendo aqui. Vocês já pararam para pensar nisso?

    ResponderExcluir
  40. kkkkkkkkkkkkkkkk

    não vou me casar nuncaaa
    PERPETUAR A ESPÉCIE???
    kkkkkkkkkkkkkk
    só um barrigudinho catarrento não fará falta...

    essas vadias estão achando que meu suado dinheiro vai ficar na mão delas, pra elas irem badalar e farrear enquanto o bestão aqui fica dando duro no serviço??

    que viva o Sheen Lifestyle, jamais irei me apegar a relações que só provocam problemas e discórdias...

    um FATO é que a grande maioria dos homens se casam apenas pelo sexo "eterno" e para constituir uma família, para carregar o seu sobrenome até o fim dos tempos, mas depois vem o grande FAIL: as vadias feministas se negam a fazer SEXO, e só querem saber de vadiar com outros. O pior: O DIVÓRCIO, além de sairmos como vilões, também saímos em prejuízo financeiro!!

    eu sou muito mais manter uma carreira sólida e bem remunerada, pagando um apartamento pra mim viver, e nos dias de folga ir farrear com as vadias feministas que se casaram com os TROUXAS, que as sustentam, apenas trabalham e nunca se divertem!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres rodadas: DIGA NÃO

Mangina - O que é? - Parte 1

Como lidar com um término de relacionamento