Como meter a real em amigos paspalhos?


Você mudou.

Não é mais aquele bundinha adolescente que tinha medo de mulher.

Agora, passa o dia lendo artigos que mandam a real sobre as mulheres, enquanto dá murros na mesa ao enxergar verdades expostas.

É frequentador de blogs masculinistas como Doutrinador, Silvio Koerich, Reflexões Masculinas e outros da Central Masculinista.

Mudou o seu pensamento com as mulheres e tem transado mais por causa disso.

Já se habituou ao ambiente hostil e bruto da comunidade Lado Obscuro das Mulheres no Orkut, e até já aconselhou alguns novatos paspalhões por lá.

Percebe alguns cabelos caindo, mais pêlos nascendo e maior número de ereções diárias. É a testosterona agindo.

Começa a observar os seus amigos e percebe algo desconcertante: eles são paspalhões com mulheres.

Aceitam rodadas, se apaixonam, são feitos de marionetes por espertinhas, perdem dinheiro com mulheres, são chutados em baladas, se apaixonam fácil, entram de cabeça nas relações, esquecem carreira, família e amigos por causa de mulher, não raro são traídos e acabam perdoando "em nome do amor".

Você é honrado e quer ajudá-los, mostrando a verdade sobre a hipocrisia feminina mas não sabe como ou se caga de medo de perder os amiguinhos.

Aprenda isso agora no meu guia rápido de COMO METER A REAL EM AMIGOS PASPALHÕES. Siga estas regras e aprenda a como suportar a babaquice que seus amigos têm com as mulheres sem colocar a amizade a perder.

1. Não banque o cientista louco

Quando alguém faz uma grande descoberta, é natural que entre num estado de êxtase e queira sair por aí pregando a outros suas descobertas. Mas as pessoas detestam isso.

Em geral, as pessoas são burras, céticas, egoístas e preconceituosas demais para estudarem a veracidade das coisas antes de pregarem o cientista louco num poste e atear fogo.

Portanto não saia por aí dizendo empolgado que descobriu a verdade sobre como as mulheres agem, querendo ensinar todo mundo que aparece na sua frente, querendo enfiar Nessahan na garganta deles como se tivesse descoberto que a Terra gira em torno do Sol.

Muitos foram queimados por terem descoberto que a Terra era redonda antes de descobrirem que eles falavam a verdade.

Por isso vá com calma, ou será taxado de cientista louco/revolucionário e o tiro sairá pela culatra.

2. Para seus amigos, a palavra de qualquer mulher vale mais do que a sua

Caras apaixonados são capazes de cometer as maiores merdas do universo em nome da idolatria que sentem pela mulher. Se alguns tiram a própria vida por causa de mulher, porque não seriam capazes de ignorar os avisos de amigos de longa data em nome da paixão?

Saiba que não há amizade - por mais antiga que seja - capaz de superar esse sentimento viciante e imbecil.

Se o seu amigo estiver apaixonado, poderá até ouvir o que você diz e acreditar. Mas se a mulher dele disser que isso "é coisa de pega-ninguém" ele imediatamente vai borrar nas calças como um recém-nascido e vai começar a evitar contato com você.

Portanto, não há outro caminho para seu amigo bundinha a não ser o tratamento homeopático, com doses frequentes de real. Dê sugestões simples em momentos oportunos. Não aporrinhe o seu amigo a todo instante com esse papo senão ele vai ficar incomodado, vai ser questionado pela espertinha, vai contar tudo pra ela e vai evitar convívio com "o amigo machista".

Um modo de fazer isso é através de indiretas. Ou seja, se a namorada dele for uma rodada, não jogue isso na cara dele.

EXEMPLO: "Amigo in-love com uma rodada"

Você - "Ouvi ontem umas vadias falando sobre casamento. Como pode uma mulher rodada, depois de transar com todos os cafajestes da cidade, querer um bonzinho pra casar? Não dá nojo isso?"

Ele - "(gaguejando)... É... mas o amor supera tudo né..."

Você - "Deve superar mesmo. Já pensou os caras que passaram o rodo nela cumprimentando o noivo no dia do casamento com risadas do tipo já comi?"

Ele - "Preciso ir até a floricultura cancelar o buquê de rosas que encomendei. Nos vemos no futebol com cerveja hoje a noite"

3. Prepare o terreno


Ao invés de chegar direto no cara, poderá sugerir que ele leia os blogs. Como alguns textos são escritos com doses de humor, ele pode levar na esportiva e ir aprendendo com o tempo.

4. Banque o bem sucedido, e não o herói

Quando for sair com seus amigos pra balada e vê-los tomando foras patéticos e bajulando baladeiras, não banque o herói ao tentar alertá-los. Eles vão rir da tua cara pois "elas sempre falam que gostam de cantadas bajulatórias e elogios". Fique na sua por enquanto e deixe os caras passarem vergonha. Você agirá depois.

Quando for questionado sobre porque não bajula as mulheres, chegou a hora de bancar o superior. Não se incomode com a tiração e diga que existem várias formas mais eficazes de sedução, explicando a teoria de ser diferente dos demais para atrair a atenção.

Outra sugestão é perguntar como eles fazem para abordar mulheres nas baladas e então começar a contar seus métodos anti-bajulação. Se bancar o superior corretamente, eles sentirão firmeza no que você diz. Se tentar bancar o herói salvador, será zuado.

5. Você não tem a obrigação de salvar ninguém


Livre-se da síndrome de Clark Kent e pare de achar que precisa salvar todos os seus amigos. Alguns simplesmente não aprenderão a não ser que levem uma paulada na cabeça.

Os apaixonados acreditam tanto na santidade e divindade das suas idolatradas fêmeas que são incapazes de acreditar que aquele ser doce, puro e angelical seria capaz de meter-lhe um galho na cabeça ao transar com o marginal da rua, ou que aquele "anjo" seria capaz de estar interessado na grana dele. Se você insistir, suspeitarão de que você está interessado em comer a namorada dele e por isso quer separá-los. A namorada dele dirá que isso é "intriga da oposição" e você sairá queimado na história. Portanto não seja insistente.

6. Terapias de choque nem sempre funcionam, mas não tenha medo de usá-las


Nem sempre chegar no seu amigo e meter o dedo na cara dele funcionará. Mas há casos em que isso é necessário.

Conheço o caso de um obeso que só emagreceu quando não podia sequer levantar e seu melhor amigo disse que "tinha nojo dele", no que ele se tornou. Isso parece extremo, mas foi esse ódio o que motivou o cara a dar a volta por cima.

Mas isso seria apenas em casos extremos, como por exemplo, ver seu amigo casando com uma mulher que o traiu sem ele saber (você tendo provas evidentes disso).

CONCLUSÕES

- Sua ajuda sempre será limitada, e a eficácia de seus métodos vai depender do grau de paixão que seus amigos e amigos paspalhos possuem.

- Não queira salvar o mundo ou dar uma de cientista louco.

- Não interfira diretamente na vida pessoal dos seus amigos, use de indiretas.

- Bancar o bem sucedido confiável é melhor que bancar o super herói caridoso.

- A palavra da parceira dele valerá sempre no mínimo o dobro da sua, por isso seja paciente.

- Dê o exemplo. Desencane das bajulações que seus amigos dão em mulheres de baladas e preocupe-se com seus métodos de sedução. Eles vão cair na real com seu exemplo, e nem sempre com suas palavras.

- Contar aos amigos as hipocrisias femininas é sempre difícil porque eles estão imersos num mundo onde a ditadura da paixão impera. Além disso, caras esclarecidos são INIMIGOS MORTAIS das mulheres, porque eles significam o fim dos "caras legais" que pagam tudo pra elas e as aceitam depois de velhas e rodadas.

- Lidar com amigos paspalhões requer testículos bovinos de aço.

Ainda com dúvidas sobre o assunto? Comente abaixo! Ou então clique aqui e pergunte que eu lhe meterei a real (quando puder).

Comentários

  1. Fala Doutrinador, blz? Seja bem vindo denovo.

    É o seguinte, a maioria dos meus amigos são como vc disse, paspalhões manginas escravos de buceta. Um deles é em especial, ele se acha o bacana, o garanhão e sempre quando alguém mete o pau num comportamento feminino, esse cara o taxa de viado, gay, pega ninguém, etc, sendo que eu nunca vi esse cara pegar ninguém. Ele sempre toma fora da mulherada e é feito de ridículo por elas.

    Sabe o que eu fiz? Cortei de vez a amizade com esse cara, pois além de ser uma amizade vazia, vou deixá-lo se fuder sozinho. Esse é o meu esquema, às vezes eu tento ajudar, se o cara não acordar, deixo ele se fuder sozinho.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Já fiz toda essa porqueira aí, desde bater na cara do amigo pra ele aprender até gritar, mandar cala boca pra mim ouvir.

    Não adiantou, mandei tomar no cú e prometi que não falo mas nada sobre isso.

    Hoje os filho da puta pede conselho.

    O post é foda, valeu!

    ResponderExcluir
  3. muito boa doutrina. parabens cara.

    eu tinha isso em mente so nao sabia passar pros amigos direito mas vc me ajudou a ver falhas na minha ajuda a eles.

    ResponderExcluir
  4. Valeu fera, os manginas são fodas mesmo.

    ResponderExcluir
  5. mais uma vez o doutrinador dando conselhos praticos e que DEVEM ser utilizados no dia a dia,pena que ja cometi quase alguns erros como o de bancar o "cientista maluco" ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha ha!!

    ResponderExcluir
  6. esse site e otimo .......!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres rodadas: DIGA NÃO

Como lidar com um término de relacionamento

Mangina - O que é? - Parte 1