Um búfalo causando histeria feminina em MG

Eu chegando em MG e causando histeria nas mulheres.

Comecei a trabalhar com inspeção e isso é uma MERDA pois sempre me mandam para lugares imbecis e viagens cretinas.

Esses dias tava falando com o Silvio Koerich que meus patrões cretinos me mandaram para uma cidadezinha no interior de Minas.

Cheguei ontem aqui no interior de Minas. Cidadezinha pequena, fede a estrume de vaca pois tem muita criação de gado e os bichos andam cagando pela rua. Tô alojado num hotelzinho fedido que fica de frente pra uma puta fazenda de gado holandês. Tem muito imigrante italiano aqui mas também tem alguns holandeses.

Perguntei abertamente se tinha puteiro por aqui e os caras ficaram gaguejando, realmente em cidades pequenas e interioranas a promiscuidade e putaria ainda é vista com receio até mesmo pelos homens. A população em geral é fortemente apegada a valores tradicionais e familiares, especialmente as mulheres que se mostram mais preocupadas com a família do que as baladeiras libertinas que costumamos pegar como pedaços de carne em baladas de metrópole.

Mas não tem problema em ficar sem puteiro, pois ontem já tinha duas colonas holandesas gostosas me dando tchauzinho enquanto eu fumava palha e limpava a bosta de vaca atolada em minhas botas. Em breve meus genes estarão espalhados por aqui e futuramente formarão uma legião de Doutrinadores em Minas.

Aguardem e verão, paspalhos.

Comentários

  1. Você é irmão do Silvio Koerich? Ou apenas fazem parte da mesma manada?

    ResponderExcluir
  2. Ja tomei banho de açude, onde vacas pastavam ali próximo, a água tinha cor de verde-lodo.

    ResponderExcluir
  3. Masculinidade em alta agora.

    Sobre seu dia másculo, espalhe muitos genes por aí. É importante que nós homens de honra e alta virilidade aumentem o numero de filhos pois é uma tática anti-matrix

    Quero comer holandesas também porra tu é cagão pra karalho pqp

    ResponderExcluir
  4. Silvio

    Elas gostaram da minha barba mal feita e cara de estressado mal encarado por não conseguir arrancar a bosta de vaca que secou no meu calçado. Mulher adora esse tipo de virilidade.

    ResponderExcluir
  5. Fera!!!

    Mais um blog!

    parabéns doutrina!

    ResponderExcluir
  6. Pois é meu chapa!

    Acho que os caras se espantaram pois não ecxistem mais puteiros nem no interior! O negócio está à granel e o preço caiu!
    É só sentar na pracinha e escolher!
    Aqui na minha "pequena cidade" os "véi" tão pagando R$5 a boquete e se "chorar" gasta R$2.
    Isso porque ainda não tem muita "nóia" de crack, senão o preço já tava R$1.
    Lá no blogue do Monstro tu tocou num ponto sensível!
    Concordo contigo meu chapa!
    Essa merda de mundo fácil de coisas fáceis, sem família estabelecida com boa base, sem educação e bons modos, criou um subgrupo de seres azumbizados e malcriados.

    Monstro

    ResponderExcluir
  7. O criador desse blog é inseguro.

    ResponderExcluir
  8. acho que inseguro é vc aí de cima, que resolveu aparecer por aqui apenas pra falar isso!

    ResponderExcluir
  9. Qual o nome da cidade mineira? Também sou de Minas, quero fazer uma visita.

    ResponderExcluir
  10. Doutrinador, sou Lúcio Sátiro, machista por opção e um macho 70% alfa e 30% semi alfa (se é que isso existe).Já fiz um monte de loucuras com mulheres lindas, mas antes de ler sobre materiais de sedução e me tornar o que sou, era um babaca que vivia lambendo a bunda das garotas.Mas até certo ponto, por que sempre tive o orgulho muito acentuado. Isso a minha própria mãe (pasme) sempre me ensinou, a ser orgulhoso, a não dobrar a cabeça pra ninguém. Ela, minha mãe sempre me dia :" meu filho, cuidado com mulher, que mulher é bicho falso , não bajule mulehr nenhuma, não passe a mão na cabeça delas, senão você perde a moral".
    Minha p´ropria mãe, mulehr de vergonah na cara, de um marido só, apesar de estar separada de meu pai há mais de 12 anos, nunca escondeu o lado perverso e maligno que elas tem. Sempre me preparou para esse lado ,ams eu de babaca teimava por não ver.
    Agora eu li um texto sobre o que o autor chama de "Indiferença do macho mandão" e gostaria de saber mais sobre como me portar dessa forma.
    Obrigado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mulheres rodadas: DIGA NÃO

Mangina - O que é? - Parte 1

Como lidar com um término de relacionamento